Nesta semana, ações da prefeitura de Porto Alegre intensificam o combate ao mosquito Aedes aegypti.
Equipes da Gerência Distrital vão orientar comunidades e eliminar criadouros do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Nesta terça (12), as atividades serão realizadas nos bairros Floresta e Petrópolis. A equipe da Unidade de Saúde da Família Santa Marta visitará as ruas Almirante Barroso, Câncio Gomes e loteamento Santa Terezinha.
A apoiadora da GD Centro, Violeta Aguiar, explica que a região foi escolhida para a atividade pela grande presença de espaços de reciclagem e borracharias. O bairro Floresta não tem armadilhas de monitoramento de mosquitos adultos.

Equipes da Unidade de Saúde Santa Cecília também farão visitas no bairro Petrópolis. A ação no local busca identificar a reincidência de armadilha vermelha (com captura semanal de mais do que três fêmeas de Aedes aegypti). A prefeitura observou a proliferação do mosquito através do sistema de monitoramento integrado do Aedes aegypti.

Na sexta (15), será a vez do Centro Histórico, a ação será realizada pela equipe da Unidade de Saúde da Família Santa Marta. O bairro também não tem armadilhas de monitoramento.

As atividades reúnem equipes com Agentes de Combate a endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS). A ideia é dar continuidade a ações conjuntas realizadas semanalmente. Em todas as áreas onde serão realizadas as atividades os ACE e ACS mantêm vínculos com as comunidades.

 

Foto: Cristine Rochol/ PMPA