O primeiro fim de semana da Operação Rodovidas 2018-19, voltada para a prevenção e redução de acidentes de trânsito nas rodovias federais, terminou com sete pessoas mortas nas estradas federais gaúchas.

O acidente mais grava aconteceu em Montenegro, na tarde de sábado (15), na BR-386, que fez quatro vítimas fatais, um casal e duas crianças. Dois carros incendiaram após baterem de frente. Um dos veículos era um Peugeot 208, com placas de Sapucaia. O homem, a mulher e uma das crianças ficaram presos no veículo e morreram carbonizados.

A segunda criança, com uma idade provável de 3 anos, segundo a Polícia Rodoviária Federal, foi encontrada presa na cadeirinha, no mato próximo a estrada. A PRF acredita que a colisão a tenha lançado do veículo. Três pessoas que estavam em um Fiat Uno, que também se envolveu no acidente, tiveram ferimentos leves.

Acidente em Saldanha Marinho deixou duas vítimas. Foto: PRF/ Divulgação

Outro acidente, também no sábado, deixou duas mortes em Saldanha Marinho, no km 379 da BR-285. Uma Mitsubishi Pajero, com placas de Ponta Grossa, no Paraná, colidiu de frente com uma Ford Ranger, com placas de Panambi. As duas vítimas estavam no veículo paranaense.

Já na noite de domingo, o km 650 da BR-116, em Jaguarão foi o cenário do acidente que matou uma mulher de 64 anos. Ela dirigia um Ford Fiesta, que acabou saindo da pista e capotando.

 

Foto: PRF/ Divulgação