Na noite desta quarta-feira (11), o Colorado começa a decidir a Copa do Brasil 2019, enfrentando o Athlético-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba. Historicamente, o Internacional leva vantagem sobre o rival. Em 66 partidas disputadas entre os dois clubes, os gaúchos levaram a melhor em 28 vezes. Já os paranaenses ganharam 19 jogos, em outras 19 oportunidades, o placar terminou empatado.

O primeiro duelo aconteceu no Estádio dos Eucaliptos, antiga casa colorada, em 1937, e teve vitória dos anfitriões, 4×1 para o Inter. O Athlético só conseguiu vencer 19 anos depois, em 1956, 2×0, no Estádio Durval de Brito, em Curitiba.

Mas, se o Inter teve sucesso na maioria das partidas, o Furacão comemorou mais vezes quando a disputa valia vaga. O primeiro confronto eliminatório aconteceu em 1999. Após a primeira fase do Brasileirão, os times que não ficaram entre os classificados para a segunda fase e também não sofreram o rebaixamento, se enfrentaram em um mata-mata, valendo vaga na Copa Libertadores de 2000. A primeira partida foi disputada no Beira-Rio e acabou com o empate em 1×1. No jogo de volta, comemoração Athleticana, 2×1.

As duas equipes voltaram a decidir vaga no ano seguinte. Nas oitavas de final da Copa João Havelange (o equivalente ao Campeonato Brasileiro de 2000), quem festejou foi o Inter. Novamente, o primeiro jogo foi em Porto Alegre, e mais uma vez, terminou empatado, 0x0. No Paraná, quem levou a melhor foram os gaúchos 2×1.

A última vez foi pelas quartas de final da Copa do Brasil de 2013. Com o Beira-Rio em obras, o primeiro duelo aconteceu em Novo Hamburgo. Como nas outras vezes, o placar terminou empatado, 1×1. Novo empate na volta, 0x0, com o gol qualificado, o Athlético conquistou a vaga nas semifinais. Era a primeira vez que o Furacão chegava tão longe na competição.

Diferente das outras vezes em que teve o rubro-negro paranaense no caminho, esta é a primeira vez em que a decisão acontece no Beira-Rio, onde o Inter tem sido praticamente imbatível. A grande final acontece na próxima quarta-feira (18), às 21h30.

 

Foto: Ricardo Duarte/ Inter