| Alice Ros |

A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas (PSDB), determinou o fechamento de todas as atividades não essenciais entre 19h desta quinta-feira (10) e 06h da próxima terça-feira (15). A medida foi anunciada na terça-feira (08) em live transmitida pelas redes sociais.

Em 24 horas, o município registrou um aumento significativo no número de casos de Covid-19. Foram contabilizados 337 casos da doença e 87 pacientes internados, sendo 22 deles em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), Pelotas tem 7058 casos confirmados.

A Prefeitura Municipal de Pelotas deve publicar decreto ainda nesta quarta (09) para detalhar as medidas de restrição. Permanecem abertos comércios com venda exclusiva de alimentos, serviços de saúde, farmácias, forças de segurança e demais atividades consideradas essenciais.

A decisão, segundo Paula, representa o momento mais delicado vivido no município desde o início da pandemia. “É uma decisão difícil, ainda mais nesta época do ano. Penso nas pessoas que precisam do seus emprego para sobreviver. Estávamos conseguindo equilibrar a situação. Mas agora, diante do quase colapso do serviço de saúde, preciso restringir, pensando na saúde de todos”, explicou. A prefeita também salientou que equipes de segurança estarão nas ruas fiscalizando o cumprimento da nova medida.

Paula ainda fez um apelo para que os profissionais da saúde se sensibilizem com a situação do município e integrem as equipes médicas de Pelotas. “Peço para que nos ajudem a fechar novas escalas de equipes de saúde. Têm muitos hospitais trabalhando para ampliar as equipes. Me dirijo aos médicos e a todos os profissionais de saúde que venham atuar no atendimento à Covid-19 no nosso município e nos ajudar a salvar vidas”, disse.

Foto: Rodrigo Chagas

Compartilhe essa notícia: