A Polícia Civil concluiu a Operação Gemini nesta quarta-feira (13). A ação durou cerca de um mês e meio e investigou a tentativa de homicídio de dois irmão gêmeos em dezembro do ano passado, na Zona Sul de Porto Alegre e hoje prendeu o suspeito de ser o mandante do crime. Um outro homem, que estava foragido também foi capturado.

De acordo com o delegado Newton Martins, da 6ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, responsável pelo caso, o preso é suspeito de comandar o tráfico na região da Nossa Senhora das Graças, conhecida também como Vila Resvalo, próximo ao Cristal.

“Ele é suspeito de ser um dos mandantes de dupla tentativa de homicídio ocorrida em dezembro de 2018, naquela localidade. O atentado teria sido motivado por provocações feitas pelas vítimas em redes sociais, após o líder de grupo de traficantes da Vila Resvalo ter sido preso”, ressaltou o delegado

Ainda segundo Martins, oito pessoas são suspeitas de terem envolvimento com o crime e todas foram presas ao longo da operação. “Todos eles têm alto potencial de cometer homicídios, e muitas vezes, podem acabar atingindo pessoas inocentes”, analisou.

Uma pistola calibre 9 mm foi apreendida.

 

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

 

Leia também:

Preso suspeito de tentar matar gêmeos adolescentes